Embora a moda esteja sempre mudando, a elegância é eterna. E em nenhuma outra área esse fator é mais decisivo que no estilo de vestir para o trabalho. Nessa seara, certas “regras” se mantêm ao longo das décadas: nunca foi apropriado vestir algo amassado, confuso, muito decotado e revelador. Confira quatro dicas do que é clássico e nunca morre no ambiente profissional.

Estilo também no trabalho

Vista-se para o emprego que você quer

Em qualquer grande empresa, em que haja uma hierarquia ou plano de carreira, funcionários são incentivados a se vestir de acordo com o cargo que almejam, claro, sem destoar da  formalidade geral que exige seu ambiente ou sua equipe. Há uma série de diferenças, por exemplo, no jeito de vestir entre alguém que trabalha em um escritório de advocacia ou em uma agência de publicidade criativa. Descobrir o que é apropriado ao estilo da sua área de trabalho é a melhor maneira de se vestir em conformidade.

Invista em algumas peças básicas

Se você está apenas começando na sua carreira ou trabalhando na ideia de renovar seu armário, não perca tempo em se sentindo sobrecarregada. Em vez de estudar as tendências e discutir sobre as diferenças de estilos, invista no básico e você nunca vai errar. Peças curingas, como camisa branca, calça e saia de alfaiataria pretas e paletós são sempre certeiros em qualquer ambiente.

Planeje o que você vai usar

Não há como negar que um elemento chave para economia de tempo, que é pensar sobre a sua roupa na noite anterior, também pode ajudar a garantir que você esteja tão chique quanto possível. Todas as manhãs que você descobre só no trabalho que não programou o alarme para lhe avisar sobre aquela reunião com a chefia, se arrepende das escolhas de roupas que fez em cima da hora. Para evitar o mico, olhe para sua agenda de compromissos à noite e a programação para o dia inteiro e só então escolha as peças que vão funcionar em tudo.