Não são apenas as produções atuais que podem trazer inspiração quando o assunto é moda, às vezes vale a pena revisitar o passado para encontrar novos caminhos e deixar os looks mais interessantes, completos e cheios de estilo. E um bom exemplo disto é o figurino exuberante da novela “Novo Mundo”. Descubra cinco maneiras de se inspirar na produção e acerte em cheio no guarda-roupa.

 

Silhueta império

Fotos: TV Globo/Divulgação

A silhueta império saiu dos holofotes há algumas temporadas, mas ela continua uma opção muito válida para o dia a dia. “Ela surgiu durante um período chamado de neoclássico, que acontece após a revolução francesa como uma resposta ao barroco, que tinha muita opulência. Por esse motivo, ela é mais simples, retilínea e com mais liberdade. Esse formato (que tem a cintura marcada logo baixo dos seios ou na parte mais fininha do tronco) fica naturalmente bem em quem tem pouca definição de cintura, como o corpo triângulo invertido e retângulo. Quanto ao estilo, ela tende a passar uma ideia mais romântica ou até boho, e deixa o visual bastante interessante”, explica a consultora de imagem e estilo Ana Vaz.

Muitas mulheres lançam mão do corte para disfarçar a barriguinha, e essa realmente é uma solução válida. “Ela vai esconder se o tecido cair reto e for mais pesado, sem estufar, e se não tiver muito volume logo abaixo do busto. Vale lembrar que o foco fica todo nos seios, então ele vai reforçar o tamanho natural que você tem – deixando os grandes ainda maiores, e os pequenos menores”, revela.

Transparência com muita sofisticação

Fotos: TV Globo/Divulgação

Outra tendência que as personagens usam muito é a transparência, aplicada em detalhes (como mangas e decotes) ou em sobreposições. “Essa é uma maneira de trazer a transparência de maneira mais velada, o que deixa ela mias versátil e fácil de usar, além de sair um pouco do sexy e deixar mais elegante e sofisticado. Quando usamos fazendo sobreposição (com uma peça transparente por cima das demais), podemos pegar o caminho de repetir a cor das duas peças, que vai dar uma leitura mais tradicional e comportada, ou contrastando, que vai ressaltar o transparente e deixar mias criativa e sexy. Esses detalhes são muito bem vindos em jantares, festas e até dias casuais, o único cuidado está no trabalho: se for usar, prefira cores como o rosé, nude, off white ou os que fujam da lingerie, porque ficam mais sutis. Preto e vermelho não costumam ser bem vistos”, conta.

A elegância dos tons profundos

Fotos: TV Globo/Divulgação

E que tal aproveitar o inverno para investir na paleta mais escura e sóbria da trama? “Esses tons mais profundos, como vermelho escuro, marsala, roxo, verde escuro e azul marinho, são ótimas opções, porque absorvem luz e calor e te deixam mais quentinha. Também são boas escolhas para fugir um pouco do preto e do cinza, que podem deixar o look do dia a dia sem graça. Elas vão funcionar muito bem para o trabalho, porque trazem formalidade, maturidade, sofisticação e uma sensação de concretude. No entanto, é bom lembrar que quando usadas em tecidos muito estruturados elas tendem a afastar as pessoas, então vale usar em peças mais leves para equilibrar e ficar mais acessível”, aconselha.

Uma mãozinha das texturas

Fotos: TV Globo/Divulgação

Você não precisa usar um vestido cheio de bordados e pedrarias, mas lançar mão de detalhes e texturas pode ser uma ótima maneira de trazer mais charme e interesse para o guarda-roupa. “Podemos aprender com esse tipo de figurino, porque as roupas tinham muitos adornos com uma simbologia de mais preciosidade, uma impressão que permanece conosco até hoje. Roupas mais trabalhadas, com detalhes que enriquecem o visual, mostram um olhar mais atento e cuidadoso com o look. A produção fica mais interessante, sofisticada e quando começamos a incluir nas roupas percebemos facilmente o quanto elas fazem diferença. Para quem não está acostumada, uma dica é começar por detalhes, como uma gola ou um bordado menor, ou peças pequenas e de sobreposição – assim você vai treinando o olhar”, aponta.

O equilíbrio do decote quadrado

Fotos: TV Globo/Divulgação

Quer um decote que equilibre sofisticação e sensualidade? Então aposte no quadrado: “Ele chama bastante atenção para o busto, discreto quando é raso e bem sexy quando é profundo. Ele também é muito legal para quem quer atrair atenção para o ombro, seja para disfarçar o quadril largo ou só para evidenciar essa parte do busto. O cuidado ao comprar é escolher um que não deixa sobra de tecido na região dos seios, porque ele precisa acomodar muito bem o corpo. Nas empresas que liberam o uso de regata de alça larga ele é coerente e pode aparecer sem problemas”.