VERÃO COMBINA COM COR, ALEGRIA E NATUREZA. E se a ideia é aproveitar a época e trazer essas três características para o conforto do lar, nada melhor que usar a BELEZA DAS FLORES COMO DECORAÇÃO. Algumas espécies, inclusive, são ideais para a temporada de calor por necessitarem de bastante luz e pouca água. Quer saber quais são?

A beleza das flores garante um toque especial a qualquer ambiente da casa, seja no seu interior ou no quintal FOTO: thinkstock

A BELEZA DAS FLORES GARANTE UM TOQUE ESPECIAL A QUALQUER AMBIENTE DA CASA, SEJA NO SEU INTERIOR OU NO QUINTAL FOTO: THINKSTOCK

ANGÉLICA: “seu FLORESCIMENTO É NOTURNO E OCORRE DO VERÃO ATÉ O OUTONO”, diz a paisagista Sheila Cruz, da Belles Emilie Flores & Aromas. “As FLORES, MUITO PERFUMADAS, são pequenas e tubulares de pétalas brancas com sombra rosada, reunidas em longa espiga acima da altura da planta, com altura em torno de 80 cm”.

HORTÊNCIA: segundo a profissional, a hortência é um arbusto que pode atingir cerca de 2,5 metros de altura! “Com folhas grande,brilhantes e verde-escuras; inflorescências grandes também e globosas, podendo ser encontradas nas cores branca, rosa, azul, lilás”.

SAPATINHO-DE-JUDIA: Sheila destaca que a espécie COSTUMA ATRAIR OS BEIJA-FLORES. “Ela é uma trepadeira com inflorescências longas e pendentes, composta de flores de coloração amarela com marrom avermelhado; é muito apropriada para cobrir pérgolas, pórticos e caramanchões”.

FOLHA DE PRATA: a denominação não é à toa, já que a ela apresenta uma COLORAÇÃO VERDE-PRATEADA, com flores lilases bem vistosas. A paisagista conta que é possível plantá-la isoladamente, em grupos ou, ainda, em renques, oferecendo um belo pano de fundo para o quintal.

CAMARÃO AMARELO: muito utilizado em JARDINS TROPICAIS, seus exemplares mais altos servem também como CERCAS VIVAS. “E mesmo uma única muda em vaso chama a atenção”. Assim como o sapatinho-de-judia, é das preferidas dos beija-flores.

Cuidados com as flores também requerem adubação e poda adequada FOTO: thinkstock

CUIDADOS COM AS FLORES TAMBÉM REQUEREM ADUBAÇÃO E PODA ADEQUADA FOTO: THINKSTOCK

FORÇA QUE VEM DA TERRA

A paisagista recomenda o cuidado constante com ADUBAÇÃO ORGÂNICA. O solo, ela afirma, precisar estar bem drenado, recebendo irrigação uma vez por semana. “Elas podem ser deixadas diretamente ao sol, desde que após o plantio se tenha hábito de regar com frequência, até que a muda esteja adaptada – geralmente, no período de dois meses”.

PODA DAQUI, PODA DE LÁ

As podas são necessárias para manter o aspecto bonito e saudável do vegetal, sendo que as mais utilizadas são:

PODA DE LIMPEZA OU RENOVAÇÃO: de acordo com Sheila, elimina os galhos doentes e secos, os quais podem se espalhar e deixar o resto do pé doente.

PODA DE FORMAÇÃO: “aplicada na topiaria com objetivo ornamental, e para MODELAR ARBUSTIVAS, a fim de que não cresçam de forma desproporcional”.

PODA DE FLORAÇÃO: “para MELHORAR O CRESCIMENTO DE BROTOS E FLORES”, ela indica. “O principal propósito é MANTER A PRODUÇÃO DE FLORES sempre em alto nível – por isso, possui certas regras que precisam ser seguidas”. Apenas as folhas velhas devem ser retiradas, pois durante essa época a planta está direcionando toda sua energia para o desenvolvimento das florezinhas.

O melhor de alguns tipos de flores é que, na temporada de calor não é necessário rega constante FOTO: thinkstock

O MELHOR DE ALGUNS TIPOS DE FLORES É QUE, NA TEMPORADA DE CALOR NÃO É NECESSÁRIO REGA CONSTANTE FOTO: THINKSTOCK

XÔ, PRAGUINHA CHATA!

“Para quem cultiva seu próprio jardim, que não tem assessoria de um profissional da área, o ideal é que seja realizada a adubação orgânica, com HÚMUS DE MINHOCA, farinha de osso e torta de algodão”, a expert aconselha. “Com a CHEGADA DO CALOR, AUMENTA TAMBÉM O ATAQUE DE PRAGAS E FUNGOS” – assim a dedicação precisa ser um pouco mais intensa, para evitar estragos indesejados.

Ela mesma passa algumas receitas caseiras para evitar esses tipos de problema, fáceis de aprontar. Veja abaixo:

SABÃO EM BARRA

Bom para: COMBATER COCHONILHAS, PERCEVEJOS E ÁCAROS.
INGREDIENTES: 5 litros de água + 3 kg de sabão de coco picado + 2 litros de óleo mineral.

MODO DE PREPARO: leve os ingredientes ao fogo até que o sabão esteja completamente dissolvido. Misture o preparado com o óleo mineral na proporção de 1,5 litro de calda de sabão para cada 2 litros de óleo. Pulverize as plantas até que a infestação cesse.

CEBOLA

Boa para: COMBATER PULGÕES, COCHONILHAS SEM CARAPAÇA E LAGARTAS.
INGREDIENTES: 200 g de cebola + 2 l de água.

MODO DE PREPARO: bata os ingredientes no liquidificador e deixe curtir durante dez dias. Após o período de descanso, dilua 330 ml da mistura em 1 l de água. Pulverize as plantas do mesmo modo.