Na ânsia de vencer a fome, a pressa ou o preço, é muito comum buscar saídas soam inofensivas, mas que na verdade podem te fazer ganhar peso. Quer saber quais são? Fique ligada!

 

Não tomar café da manhã

Aqui existem alguns casos clássicos: aqueles que dizem não ter fome pela manhã, os que até tem, mas não tomam café pela pressa e o que pulam tentando economizar calorias. “Além de aumentar sua fome ao longo do dia, te fazendo comer mais e o que tiver pela frente, pode levar a uma queda de suprimento de nutrientes, aumento de peso e ainda enfraquecimento de cabelo e unhas”, esclarece nutricionista clínico e funcional Fábio Bicalho.

Trocar a refeição por lanche no almoço

Essa é uma das matemáticas mais falhas que existem, pois muita gente faz essa substituição querendo economizar calorias. “Só que em geral, assim comemos menos nutrientes e fibras, levando à queda de metabolismo e redução do transito intestinal (prisão de ventre). Vale lembrar também que a dupla ‘salada + grelhado’ nem sempre é uma boa opção para almoço, pois leva à fome precoce no meio da tarde e ingestão de alimentos calóricos e sem nutrientes. Sendo assim, optar por um prato completo, com arroz integral ou quinoa, leguminosas, proteína de peixe, frango ou vegetal e uma salada farta. É a melhor pedida!”, garante o especialista.

Usar industrializados

Pela praticidade, eles são uma das opções mais escolhidas, entretanto, mais perigosas também. Segundo Fabio, “o atum em lata ou sardinha são enlatados muito utilizados como opção para emagrecer. Porém, esses alimentos podem conter grande quantidade de sódio, aditivos químicos ou ainda prejudicar a absorção de nutrientes de uma salada que está sendo ingerida na mesma refeição. As comidas prontas congeladas também causam esses malefícios”.

Trocar a refeição por lanche no jantar

Existe um mito que não jantar emagrece, por isso o lanchinho é tão bem visto, mas tudo depende do que se vai comer. “Do que adianta preferir lanchar a noite e sempre optar por pão, queijo, embutidos, leite com lactose, achocolatados, salgados, etc.? É certeza de ter dificuldade na perda de peso, eventual fome noturna, constipação intestinal e queda de metabolismo. Escolha uma sopa de hortaliças variadas e uma fonte de proteína, ou mesmo um jantar leve com uma berinjela no forno com carne magra e uma salada, por exemplo. Vale até repetir o almoço em menor quantidade”, diz Bicalho.

Passar o dia beliscando

Sua vida é corrida? Tudo bem, mas se quer que ela seja longa, alimentar-se corretamente é fundamental. De acordo com o nutricionista, “passar o dia comendo pequenos lanches como salgados e biscoitos de água e sal e não fazer refeições acarreta em aumento de peso, piora de metabolismo, qualidade da pele ruim e pode desencadear uma série de outros problemas de saúde. Faça suas refeições como se deve, senão cadê a disposição e energia para dar conta da correria?”.