Estudo revela que você pode ter uma idade e suas células serem muito mais velhas do que você

Não é de hoje que as pessoas estão sempre buscando um meio de ficarem mais jovens. Para isso, há uma infinidade de cremes, alimentos e dietas inteiras antioxidantes, receitas caseiras de beleza e por aí vai. Para completar esses esforços, os exercícios físicos, claro, não poderiam ficar de fora. PARECE ÓBVIO, NÉ? MAS NÃO É! Entenda.

Um novo estudo da BRIGHAM YOUNG UNIVERSITY, NOS EUA, concluiu que independe de quanto anos você tenha, suas células tem um tempo diferente e podem envelhecer muito mais rápido, PRINCIPALMENTE SE SEU ESTILO DE VIDA NÃO É O DOS MAIS SAUDÁVEIS. É aí que os exercícios físicos entram: para retardar esse envelhecimento.

Execícios de intensidade leve ou moderada não são suficientes para rejuvenescer as células. Foto: gmast3/istock

EXECÍCIOS DE INTENSIDADE LEVE OU MODERADA NÃO SÃO SUFICIENTES PARA REJUVENESCER

Mas esqueça aquela caminhadinha básica, aquele passeio de bicicleta, ou qualquer atividade moderada. Para que suas células se mantenham ATÉ NOVE ANOS MAIS JOVEM, É PRECISO TER ALTA INTENSIDADE E FREQUÊNCIA, como treinar cinco dias por semana, 30 a 40 minutos de corrida, por exemplo.

COMO FOI FEITO

A PESQUISA NACIONAL DE SAÚDE E NUTRIÇÃO DO CENTRO DE CONTROLE E PREVENÇÃO DE DOENÇAS (CDC) DOS EUA coletou dados de 5.823 adultos. As células possuem na extremidade dos cromossomos, chapeuzinhos de proteína chamados “TELÔMEROS”. Quanto mais elas se reproduzem, mais curtos eles ficam e consequentemente, mais envelhecemos.

Pessoas sedentárias, mesmo jovens, possuem células muito mais velhas. Foto: Michael-Blann/istock

PESSOAS SEDENTÁRIAS, MESMO JOVENS, POSSUEM CÉLULAS MUITO MAIS VELHAS.

Sendo assim, o estudo percebeu que AS PESSOAS COM TELÔMEROS MAIS CURTOS, POSSUÍAM UM ESTILO DE VIDA MAIS SEDENTÁRIO, ao contrário de quem se exercitava (em alta intensidade), com exemplares mais longos.  Como já foi dito, essa diferença só foi notável em quem realmente mandava ver nos treinos. O tamanho dos telômeros dos sedentários e de quem praticava atividades de baixa ou moderada intensidade eram praticamente iguais.

Acredita-se que esse rejuvenescimento aconteça porque OS EXERCÍCIOS COMBATEM DESEQUILÍBRIOS QUÍMICOS PERIGOSOS e inflamações capazes de prejudicar os “chapeuzinhos”. Então já sabe, capriche na intensidade e fique mais jovem!