A primavera começa no mês de setembro, e com as temperaturas subindo pouco a pouco é hora de pensar em lidar com essa transição para ficar confortável e, claro, cheia de estilo. Descubra as maiores tendências para a nova temporada e o que você pode fazer para lidar com o calor da tarde e aquele ventinho mais gelado do começo e final dos dias.

Amarelo e rosa

Reprodução/Instagram @leeannebenjamin; @thestylebungalow; @shannonwillardson

O rosa milennial e o amarelo primrose começaram a dar as caras ainda no outono, e lá fora foram as cores mais quentes de toda a primavera. “Nós vamos repetir essa tendência internacional, somos muito impactados por ela, tanto porque nossas lojas olham para o que acontece no mundo, quanto porque temos muitas que são mundiais – a moda se conversa. Se fomos pensar em tons de pele, o rosa é um pouco mais difícil do que o amarelo, porque ele tende a empalidecer a brasileira. Um bom antídoto para quem quer usar é apostar na parte de baixo, que fica longe do rosto, ou ainda combinar com outras cores que te favoreçam na parte de cima. Mas pensando na versatilidade, as duas vão para qualquer ocasião, incluindo o primrose: em um trabalho mais criativo podemos colocar no look todo e em um mais formal em uma camisa ou nos acessórios”, explica a consultora de imagem e estilo Ana Vaz.

Calças cropped

Reprodução/Instagram @jeanwang; @fashion_jackson; @stylebylolly

E é claro que as calças mais curtinhas que foram destaque por toda a temporada de frio não poderiam faltar nos seus looks de primavera, afinal, elas unem muito estilo com conforto térmico. “Elas vão continuar fortes e são muita boas de usar nessa época de primavera e até verão, porque abrem opções para usarmos calçados de alturas e aberturas variadas e mostram mais pele. Elas são muito versáteis e quem tem medo de silhueta achatada pode colocar um saltinho, são peças muito fáceis de coordenar e levar para qualquer lugar”, indica.

Listras

Reprodução/Instagram @glitterandgingham; @macystucke; @huesofwhite

Apesar de a primavera ser a estação das flores, não são elas que ganham destaque em suas produções: desta vez, os holofotes devem estar nas listras. “Elas são importantes na moda deste ano e são muito fáceis de usar. Vamos ver desde as maiores e mais contrastantes até as discretas em cores e tamanhos. A azul claro com branco bem fininha será uma das mais vistas, e ela pode ser entendida quase como um liso, te permitindo coordenar com outras estampas sem nenhuma dificuldade. É um tipo de padrão que está no nosso repertório há tanto tempo que já virou parte de guarda-roupa até de quem é bem neutra”, aponta.

Babados

Reprodução/Instagram @megantiffani; @lucyswhims; @fashion_jackson

Tem várias peças com babados do verão passado? Então saiba que você ainda vai usar muito! “Eles já estão acontecendo e a brasileira está comprando. Esse é o tipo de detalhe que já vemos há três estações e que se popularizou muito. O que é mais bacana é que eles estão localizados em várias peças, então quem tem medo de acabar aumentando a parte de cima do corpo pode escolher uma parte de baixo ou optar por tecidos molinhos e que não armam. Temos grandes, pequenos, realmente para todos os gostos e estilos”.

Brilho

Reprodução/Instagram @m_atildar; @carriebradshawlied; @meganellaby

Metalizados, glitter e aplicações são outras heranças dos dias frios que permanecem – com opções que vão agradar a todos os gostos. “Ele não é novidade, mas permanece, desde o glitter no sapato até o metalizado em roupas. Como é uma tendência de algumas temporadas vamos ter bastante variedade de propostas, como o brilho localizado e mais opaco, que é bem discreto, até o muito espelhado e em peças grandes, que são possíveis para quem quer ousar ou para uma ocasião mais casual”, conta.

Conforto nos pés

Reprodução/Instagram @huntforstyles; @hellofashionblog; @liezel_germanotta

Não é apenas o inverno que traz calçados confortáveis e práticos de usar: esse movimento deve continuar reinando por muito tempo na moda. “Os sapatos confortáveis, como tênis e flatforms, continuam muito fortes porque é uma tendência que está atrelada a um comportamento. Temos materiais muito legais que vão te permitir imprimir a sua personalidade. O salto médio e mais grosso, que antigamente a brasileira não dava muita importância, também vem em cores vibrantes e promete ganhar muita força para complementar nossa primavera. É gostoso de usar e cabe em qualquer look e ocasião”, afirma.

Sem passar frio (ou calor!)

Reprodução/Instagram @stylecusp; @aloprofile; @emmahill

O final do inverno e início da primavera são marcados por noites mais geladas e tardes mais quentes – isso quando a temperatura não varia totalmente de um dia para o outro. Portanto, a dica é misturar: “As sobreposições com peças que vimos e usamos muito são a melhor saída, com destaque para os maxitricôs e cardigãs, assim como os quimonos. Coletes e jaquetas jeans também continuam como aliados, e temos esta última acontecendo demais e em opções bem despojadas. Esses são itens que vão com roupas mais arrumadas ou com as mais casuais, então são versáteis. O importante é pensar em fazer essa mistura de um jeito que você consiga tirar e por com facilidade, e ter peças quentes com outras bem fresquinhas por baixo para equilibrar bem. Um bom exemplo são vestidos curtos com jaqueta por cima, porque você cobre uma parte e descobre a outra. Pode apostar também nas com cores mais escuras que usamos durante o inverno junto das mais alegres e leves para conseguir equilibrar e trazer um pouco da primavera”.