Beleza

Áreas escuras ou ressecadas na pele? Saiba por que elas surgem e como tratá-las

Dermatologista ainda revela como é possível prevenir esses tipos de problemas

Quem tem áreas do corpo escuras ou ressecadas, sabe o quanto isso é chato, incomoda e pode ser constrangedor. Algumas pessoas começam a usar roupas que cubram essas regiões e às vezes até desistem de alguns programas por isso. Felizmente, COM A QUEDA DA TEMPERATURA, ESSA É A MELHOR ÉPOCA PARA TRATAMENTO DA PELE, pois o corpo fica menos exposto aos raios solares. Sendo assim, descubra como esses probleminhas se formam, se é possível prevenir, e claro, como tratá-lo.

Foto: gpointstudio/istock

SOCORRO! POR QUE NA MINHA PELE?

Regiões do corpo, como axilas, cotovelos, joelhos e axilas adquirem esse aspecto como uma defesa natural da pele, devido às agressões de hábitos do dia a dia. “O uso de cremes e DESODORANTES COM ÁLCOOL em sua formulação, DEPILAÇÃO FREQUENTE, seja com cera quente ou lâmina, podem LEVAR À IRRITAÇÃO E ESCURECIMENTO DAS AXILAS E VIRILHAS. Além dessas, outras áreas afetadas, como o pescoço também, também podem indicar ALTERAÇÕES HORMONAIS, PROBLEMAS RELACIONADOS À SÍNDROME DOS OVÁRIOS POLICÍSTICOS, OBESIDADE E DIABETES”, explica a DRA. CARLA BORTOLOTO, médica especializada em dermatologia clínica e cirúrgica, Membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia Clínico Cirúrgica (SBDCC).

Outro aspecto importante se dá em relação a peles morenas e negras. Segundo a médica, “quanto MAIOR A QUANTIDADE DE MELANINA (proteína que dá cor a pele e maior a chance de manchar), MAIS PROPENSAS AO PROBLEMA. Já o ressecamento, comum nos cotovelos e joelhos, é causado pelo AUMENTO NA CONCENTRAÇÃO DE QUERATINA, que vai se tornando cada vez mais espessa devido ao movimento dessas articulações e a fricção com roupas justas. Com o tempo essas áreas vão se tornando manchadas, ressecadas e com tendência a descamação”.

Foto: CentralITAlliance/istock

É POSSÍVEL PREVENIR?

A boa notícia é: sim! A dica da ortopedista é: “para começar, INVISTA NA HIDRATAÇÃO. Produtos que contenham ativos, como PANTENOL e VITAMINA A ajudam a regenerar as células e a recuperar proteção natural da pele. Já os com UREIA aumentam sua capacidade de retenção hídrica. Prefira roupas leves e soltas, que não causam fricção e permitam que a pele respire, e NÃO SE ESQUEÇA DO PROTETOR SOLAR COM FPS 30, no mínimo, pois a radiação solar agrava o problema. ATENÇÃO TAMBÉM À TEMPERATURA DO BANHO. Para evitar o ressecamento, o ideal é que A ÁGUA FIQUE ENTRE 29˚C E 37˚C e para amenizar a aspereza dos cotovelos e joelhos, pode-se, ainda, realizar esfoliações leves, ATÉ TRÊS VEZES POR SEMANA”.

Foto: Julia_Sudnitskaya/istock

ESFOLIANTE CASEIRO

INGREDIENTES
1 colher (sopa) de aveia em flocos
1 colher (sobremesa) de mel
½ xícara (chá) de leite integral

COMO USAR?
Misture tudo e massageie os locais, com movimentos circulares, por cinco minutos e remova com água morna. “O ácido lático presente no leite possui ação hidratante e clareadora, enquanto a aveia remove as células mortas e o mel garante ainda mais suavidade à pele”, esclarece a doutora.

Foto: puhhha/istock

IDENTIFICAR, TRATAR, JÁ!

No caso das axilas e virilhas, optar pelo MÉTODO DE DEPILAÇÃO COM O LASER pode ser um primeiro passo para a melhora do quadro. “Além da redução dos pelos (e o encravamento, que também costuma escurecer essas áreas), o método pode AJUDAR NO CLAREAMENTO DA PELE, uma vez que o feixe de luz utiliza a melanina como guia. O uso de ácidos e cremes clareadores pode ser indicado, de acordo com o tipo de pele. Nos casos mais graves, PEELINGS SUPERFICIAIS, como o de cristal, associados a clareadores e laser, feitos em consultório, também apresentam boa resposta. O NÚMERO DE SESSÕES necessárias e os resultados DEPENDEM DO GRAU DE HIPERPIGMENTAÇÃO DA PELE”, diz a dermatologista.

Comente isso

Seu e-mail não aparecerá no comentário.

Você vai gostar