Carreira & Finanças

As 25 melhores bolsas de estudo com inscrições abertas em junho e julho

Há oportunidades para estudar na Europa, nos EUA e no Japão, além de bolsas de estudo para programas de verão

Como todos os meses, o Estudar Fora compilou as melhores bolsas de estudo com inscrições abertas! Dessa vez, com o fim do ano se aproximando, a ideia é que você já possa se preparar para realizar o sonho de estudar no exterior em 2019.

Por isso, a seleção atual inclui as melhores bolsas tanto em junho quanto em julho. Há opções para graduação, mestrado e doutorado nos destinos mais procurados por quem deseja ter uma experiência de estudos fora. Isso inclui Estados Unidos, Austrália, Holanda e França. Também existem opções de programas de verão e oportunidade de participação em conferências globais. Confira!

Bolsas de Estudo para Cursos Curtos e Graduação

Santander oferece 750 bolsas de estudo para intercâmbio e 9 países

O Santander está recebendo inscrições para o Programa de Bolsas Santander Ibero-Americanas. A empresa vai oferecer um total de 750 bolsas de estudo para intercâmbio em graduação e pós-graduação a estudantes brasileiros que queiram realizar seus estudos em outros países. As inscrições vão até o dia 7 de agosto.

Os países de destino disponíveis são Argentina, Colômbia, Chile, Espanha, México, Peru, Porto Rico, Portugal e Uruguai. O valor da bolsa é de 3 mil euros, que podem ser usados para custear despesas como taxa da universidade de destino (se houver), deslocamento, alimentação ou moradia.

As inscrições para as bolsas de estudo para intercâmbio do Santander devem ser feitas por meio do aplicativo Santander Universitário (disponível para Android e iOS). O processo seletivo para as bolsas serão realizados pelas instituições de ensino superior. Ou seja: é necessário conferir com a sua universidade como será o processo, e realizar os procedimentos adequados.

Bolsas integrais para graduação no Japão, do MEXT

O MEXT, Ministério da Educação, Cultura, Esportes, Ciência e Tecnologia do Japão, está recebendo inscrições para bolsas integrais de graduação no Japão. As bolsas de estudo são para cursar um programa de graduação, com 5 anos de duração, numa universidade japonesa. E elas incluem um curso preparatório de língua japonesa e outras disciplinas, durante o primeiro ano. As inscrições vão até 28 de junho.

Os bolsistas excolhidos pelo MEXT ficarão isentos das taxass acadêmicas referentes à sua graduação. Além disso, receberão um valor mensal de 117 mil ienes (cerca de R$ 4.140) para se manter no Japão. Esse valor pode ser um pouco maior dependendo do local onde o estudante fará a graduação. A bolsa também cobre a passagem aérea de ida e volta para o Japão.

Universidade de Bristol tem bolsas de graduação e pós de até R$100.000 por ano

A Universidade de Bristol está recebendo inscrições para o programa Think Big Scholarships. As bolsas para a Universidade de Bristol  valem tanto para graduação quanto pós-graduação, e seus valores variam de £5.000 até £20.000 (ou, em reais, de cerca de R$ 25.000 até mais de R$ 100.000 na cotação de 9 de abril) por ano de estudo. As inscrições ficam abertas até 30 de junho.

As bolsas de graduação são válidas para qualquer programa em tempo integral, com exceção dos de Medicina, Odontologia e Veterinária. As de pós-graduação, por sua vez, são válidas para qualquer programa de um ano de duração em tempo integral. Nos dois casos, os alunos devem já ter se candidatado ao curso desejado, com início previsto para setembro de 2019, e o valor da bolsa é abatido dos custos de tuition do programa escolhido.

Universidade italiana oferece bolsas integrais de graduação e mestrado

A universidade italiana LUISS University (Libera Università Internazionale degli Studi Sociali), localizada em Roma, está recebendo inscrições para programas de graduação e mestrado com bolsa integral na Itália. As bolsas de estudo são válidas apenas para alguns cursos, mas cobrem totalmente os custos de tuiton referentes a eles. As inscrições vão até 17 de junho.

Universidade de Tel Aviv: bolsas integrais de graduação e pós-graduação exclusivas para brasileiros

A Universidade de Tel Aviv está oferecendo bolsas de estudos exclusivas para brasileiros em seus programas de graduação e mestrado, por meio de um fundo chamado Brazilian Scholarship Fund (BSF), um fundo criado pela organização Amigos Brasileiros da Universidade de Tel Aviv. As bolsas podem chegar ao valor integral do curso, dependendo do programa escolhido pelo estudante. As inscrições vão até 01 de julho.

Brasileiros que desejarem cursar o B. Sc. em Engenharia Elétrica e Eletrônica poderão concorrer a bolsas de até 100% do valor do curso. Também são oferecidas bolsas integrais para brasileiros interessados nos cursos de graduação ministrados em hebraico. Brasileiros que quiserem cursar o B.A. em Liberal Arts ou os programas de mestrado ministrados em inglês na universidade, por sua vez, podem concorrer a bolsas de até 50% dos valores dos cursos.

Bolsas para graduação na universidade de Salamanca, na Espanha

Um dos principais destinos de estudantes internacionais que vão à Espanha, Salamanca é a cidade dos sonhos para universitários: é segura, com vida noturna agitada e em posição central na Europa. Para tornar o cenário ainda melhor, brasileiros podem concorrer a 40 bolsas de estudo para a Universidade de Salamanca – uma das mais renomadas do país – para cursos de graduação. As inscrições vão até 14 de junho!

As bolsas são voltadas a estudantes de graduação completa e são oferecidas com apoio do Banco Santander. Os benefícios incluem as taxas de anuidade, alojamento em residência universitária e seguro saúde para o primeiro ano de estudos. Para renovação da bolsa, é necessária aprovação do candidato em 75% das disciplinas cursadas.

Competição do MIT dará viagem para Nova York e US$ 725 mil em prêmios

Interessados em trabalhar com impacto social – e solucionar problemas que afetam populações do mundo todo – podem se inscrever até 1 de julho no MIT Solve Global Challenges. A competição do MIT reunirá mais de 500 líderes globais para a Assembleia Geral das Nações Unidas, em setembro, em Nova York. As inscrições vão até 01 de julho.

O encontro em Nova York serve como etapa final da competição do MIT, para selecionar as soluções a serem trabalhadas pela iniciativa. Os jovens escolhidos, nessa etapa, também têm acesso a uma rede ampla de líderes, recebem mentoria individual, participam de eventos e desenvolvem seu projeto em um espaço no campus do MIT. Além disso, receberão US$ 10 mil em fundos para a sua ideia, além de acesso a mais recursos financeiros do MIT.

Bolsas da OEA para graduação nos EUA, na Western Kentucky University

A Organização dos Estados Americanos (OEA) está oferecendo bolsas de estudo para graduação nos EUA na Western Kentucky University (WKU). Os alunos selecionados pela OEA receberão uma bolsa de US$ 11.400 por ano a cada ano de sua graduação, e os candidatos melhor avaliados receberão também um auxílio-instalação de US$ 4.000 quando chegarem ao país. As inscrições vão até 15 de julho.

Podem se candidatar às bolsas estudantes que queiram fazer um dos cursos de graduação listados no Anexo 1 do edital do programa (página 6). No total, são 52 cursos presenciais e 11 cursos a distância disponíveis. Os cursos presenciais incluem opções de humanas, exatas e biológicas. As bolsas não são integrais, mas podem ser complementadas com outras bolsas.

Bolsa de 9 mil libras por ano para graduação no University College London

A University College London (UCL) está recebendo inscrições para a bolsa Denys Holland. Criada em homenagem ao falecido professor Denys Holland (e financiada por meio de doações de seus ex-alunos), a bolsa tem o objetivo de permitir que um jovem com necessidade de auxílio financeiro realize sua graduação em Londres, na universidade. As inscrições vão até 05 de julho.

Bolsas de graduação e pós-graduação nos EUA, na Colorado State University

A Organização dos Estados Americanos (OEA) e a Colorado State University (CSU) estão oferecendo bolsas de estudo para graduação e pós-graduação. As bolsas da OEA para os Estados Unidos têm o objetivo de auxiliar estudantes que queiram cursar um dos programas de graduação, mestrado ou doutorado da CSU. As inscrições vão até 15 de junho.

São elegíveis todos os programas da CSU, com exceção do MBA em Global Social and Sustainable Enterprise. Os bolsistas escolhidos terão desconto de um terço dos valores do curso escolhido, e não pagarão taxa de inscrição. Além disso, os melhores candidatos também receberão um valor de US$ 1.350 para ajudar a custear sua vida no país ao longo dos estudos. Esse período é de4 a 5 anos para os programas de graduação, 1 a 2 anos para os mestrados e 5 ou mais para o doutorado). Elas também podem ser acumuladas com outros auxílios financeiros.

Curso de preparação para estudar fora tem bolsa para jovens de baixa renda

Não é só no Brasil: muita gente do mundo inteiro tem vontade de estudar nas universidades de ponta dos Estados Unidos. Foi isso que motivou Ethan Sawyer a criar o College Essay Guy, um perfil dedicado a ajudar jovens durante a application. Conforme seu público foi crescendo, Sawyer alistou a ajuda de outrs profissionais, e então criou a Matchlighters Scholarship, que conecta jovens promissores a profissionais capazes de ajudá-los na preparação para estudar fora.

De acordo com Sawyer, a bolsa “conecta orientadores generosos e experientes a estudantes de baixa renda e alto potencial do mundo inteiro, para levar a oportunidade de entrar na universidade para aqueles que mais necessitam”. Os alunos contemplados pela bolsa receberão quatro horas de auxílio com seus essays e preparação geral para a application, e duas horas de ajuda para criar uma lista de universidades ideais de orientadores experientes.

Bolsas de Estudo para Pós-Graduação

Comissão Europeia dará quase €300 milhões em bolsas a pesquisadores experientes

Estão abertas as inscrições para as Individual Fellowships das Marie Skłodowska-Curie Actions. O programa, que aceita candidaturas até 11 de setembro, foi criado pela Comissão Europeia, o órgão executivo do bloco europeu. Ele apoia pesquisadores de qualquer lugar do mundo, e conta com um orçamento de €294,49 milhões para o ano de 2019.

O foco da iniciativa são áreas da ciência: Ciências Ambientais e Geociências, Ciências Biológicas, Ciências da Informação e Engenharia, Ciências Econômicas, Ciências Sociais e Humanidades, Física, Matemática e Química. A única restrição de temas refere-se à pesquisa sobre energia nuclear, contemplada por outros editais na Europa.

Schwarzman Scholars: Bolsas integrais para mestrado em inglês na China

Estão abertas até o dia 26 de setembro as inscrições para o programa Schwarzman Scholars, que oferece bolsas de estudo integrais para cursos de mestrado na Universidade de Tsinghua, localizada em Pequim e considerada a melhor universidade entre os países emergentes.

O mestrado tem a duração de um ano e é possível escolher entre três áreas de estudo: Políticas Públicas, Economia e Negócios, e Estudos Internacionais. Não é necessário ter formação prévia em nenhuma dessas áreas para concorrer, nem dominar mandarim, já que todas as aulas serão em inglês.

As bolsas de estudo cobrem todos os custos do mestrado e incluem também passagens áreas para a China, moradia, alimentação, seguro-saúde, um computador pessoal e uma quantia mensal para gastos pessoais de U$ 4.000. Todos os aprovados deverão morar no campus universitário de Tsinghua.

Stanford abre inscrições para programa de US$750 milhões em bolsas de pós-graduação

A Universidade Stanford oferece um programa de bolsas de estudo para seus cursos de pós-graduação, disponível para todas as áreas. O Knight-Hennessy Scholars disponibiliza um total de US$ 750 milhões em apoio financeiro – sendo o maior programa de bolsas já financiado por doações. As inscrições para as bolsas para Stanford vão até 09 de outubro.

As bolsas para Stanford cobrirá todas as despesas do estudante durante seu período de estudos em Stanford, incluindo os custos de anuidade da instituição; alojamento e alimentação dentro do campus; livros e equipamentos de pesquisa e estudos; seguro saúde; despesas de viagem de ida e volta para Stanford; transporte local e um valor para despesas pessoais.

Bolsas para mestrado em políticas públicas na Alemanha, do DAAD

O Programa Helmut-Schmidt, criado pelo Serviço Alemão de Intercâmbio Acadêmico (DAAD), oferece apoio para estudantes interessados em fazer mestrado em políticas públicas na Alemanha. São oito opções de cursos de mestrado na área e as inscrições devem ser feitas entre 1 de junho e 31 de julho.

De acordo com o DAAD, o objetivo do programa é “apoiar líderes do futuro (…) que querem promover democracia e justiça social em seus países”. As bolsas do programa Helmut-Schmidt são oferecidas desde 2009.

Bolsas de mestrado de €1.000 por mês na Universidade de Frankfurt

A Universidade de Frankfurt, na Alemanha, abriu inscrições para o programa “Goethe Goes Global”, que oferta bolsas de mestrado a alunos internacionais. A proposta é atrair jovens que tenham bom desempenho acadêmico e que se interessem por pesquisa. Para se inscrever às bolsas para a Universidade de Frankfurt, é necessário submeter a candidatura até 31 de agosto.

Os selecionados pela iniciativa recebem auxílio mensal de mil euros, durante os dois anos de duração do curso. As bolsas estão disponíveis para todos os programas de mestrado oferecidos pela Universidade de Frankfurt. Para concluir a formação, os alunos podem escolher entre redigir uma dissertação ou fazer um estágio supervisionado na unidade de pesquisa da universidade correspondente ao seu curso.

Universidade Johns Hopkins lança bolsa de mestrado em homenagem a Marielle Franco

A universidade americana Johns Hopkins inaugurou recentemente a bolsa de estudos em homenagem a Marielle Franco, vereadora assassinada em março de 2018 no Rio de Janeiro. O apoio financeiro foi disponibilizado graças a uma doação anônima recebida em nome de Marielle.

O valor ainda não foi divulgado, mas o fato é que a bolsa vai custear parte das despesas do mestrado em relações internacionais com foco na América Latina. O curso faz parte do Programa de Estudos Latino-Americanos (LASP) da School of Advanced International Studies (SAIS) na Johns Hopkins. Candidatos a qualquer curso do SAIS da Johns Hopkins serão considerados para receber a bolsa Marielle Franco, desde que sua área de concentração na pesquisa sejam os estudos latino-americanos. A lista de cursos disponíveis pode ser acessada nessa página.

Inscrições abertas: bolsas integrais nos Estados Unidos para jovens líderes

A rede de organizações sem fins lucrativos Atlas Corps promove, todos os anos, edições de uma fellowship nos Estados Unidos. Trata-se de um programa voltado a jovens líderes que promovam mudança social em seus países de origem. Para se inscrever na edição de 2019, o prazo vai até dia 15 de agosto. A proposta é que os participantes fortaleçam suas habilidades de liderança, aprendam com líderes da rede e façam networking. Para isso, os líderes selecionados contam com apoio completo da instituição.

Durante 12 a 18 meses, trabalham em organizações parceiras e recebem auxílio financeiro para manutenção no país, que vai de US$ 1.628 a US$ 2.126 por mês (dependendo da cidade onde o fellow fica). Além disso, despesas com visto, seguro-saúde e passagens aéreas, bem como viagens relacionadas ao programa, estão cobertas.

Bolsa integral para mestrado na Austrália, em gestão hídrica

A Griffith University está com inscrições abertas para a International Water Centre (IWC) Scholarships. As bolsas integrais de mestrado na Austrália permitirão que dois estudantes cursem o mestrado em Gestão Hídrica Integrada oferecido pela universidade com todas as despesas pagas. As inscrições vão até 1 de agosto.

O valor total das bolsas é de AU$ 92.645 (cerca de R$ 257 mil na conversão direta). Elas cobrem todos os custos de estudo do programa de mestrado. Incluem também uma mesada de AU$ 2.250 (aproximadamente R$ 6.210) para ajudar o estudante a se manter na Austrália, e os custos de obtenção de visto e seguro saúde. Também cobrem as despesas com a passagem até a Austrália. Serão oferecidas duas bolsas, uma das quais será obrigatoriamente concedida a uma candidata.

Governo da Colômbia oferece bolsas integrais para especialização, mestrado e doutorado

O governo da Colômbia anunciou a abertura de bolsas integrais para especialização, mestrado e doutorado para estudantes internacionais que desejem estudar no país. Criado por meio do Icetex (Instituto Colombiano de Crédito Educativo y Estudios Técnicos en el Exterior, em espanhol), o programa contempla alunos de todas as áreas do conhecimento que tenham até 50 anos de idade. Para se inscrever, é necessário submeter a candidatura até 28 de junho.

O apoio financeiro oferecido pelo governo da Colômbia contempla gastos com anuidade, assistência médica, materiais, visto e um auxílio para instalação no país. Os bolsistas também recebem um valor mensal, de três salários mínimos locais (cerca de R$ 3.000), ao longo do curso. Para saber detalhes sobre o processo e submeter a candidatura, basta acessar o site do Icetex.

Bolsas de até €2.750 por mês para pesquisa na Alemanha

A Alexander von Humboldt Foundation está recebendo inscrições para a German Chancellor’s Fellowship para líderes do amanhã. Trata-se de um programa de bolsas de pesquisa na Alemanhaque tem o objetivo de recrutar jovens líderes do Brasil, China, Índia, Rússia e Estados Unidos que possam atuar como mediadores entre a Alemanha e seus países de origem no futuro. As inscrições vão até 15 de setembro.

Durante a fellowship, os bolsistas receberão mentoria individual de um mentor de sua escolha para desenvolver um projeto de pesquisa de um ano. Participarão também de uma study tour da Alemanha, passando por diversas instituições de ensino e eventos de networking com outros fellows e representantes de empresas e organizações alemãs. A fundação também apoia os fellows a manterem esse contato durante toda a sua carreira.

Bolsa de 5.000 libras por mês para pesquisa em Economia Internacional em Londres

A Chatham House, ONG sem fins lucrativos situada em Londres, está recebendo inscrições para o programa Dame DeAnne Julius Senior Academy Fellowship em Economia Internacional. O programa escolherá pesquisadores e trabalhadores da área de Economia Internacional para desenvolver pesquisa de nível de pós-graduação relacionada a esse tema e a governança global ao longo de dois meses.

Os selecionados pelo programa receberão bolsa de 5.000 libras por mês (sujeito a deduções de imposto do Reino Unido) para realizar sua pesquisa. Durante esse período, poderão trabalhar na própria Chatham House, localizada na área central de Londres. A bolsa não cobre as despesas de deslocamento do candidato selecionado. A avaliação das candidaturas será feita de maneira contínua, de forma que não há data limite para se inscrever. No entanto, a Chatham House incentiva as pessoas interessadas a se candidatarem o quanto antes.

Pesquisa na Austrália: Universidade de Sydney oferece bolsas para mestrado e PhD

A Universidade de Sydney recebe, todos os anos, pesquisadores do mundo todo para seus programas de mestrado e doutorado. Por meio de suas bolsas de estudo internacionais, a instituição oferece apoio financeiro para quem deseja desenvolver pesquisa na Austrália. As inscrições vão até 31 de agosto.

Vale lembrar que não há uma application separada para as bolsas de estudo. Os candidatos devem submeter seus dados e documentos exigidos por seu curso de escolha, para serem avaliados por uma série de critérios. Entre eles, estão o desempenho acadêmico na graduação e a experiência prévia em pesquisa. Como benefício, o programa cobre o valor da tuition e manutenção no país por um período de até três anos.

Site oferece bolsa de €5.000 para mestrado na Europa

Se você pensa em fazer mestrado na Europa e já quer se programar com antecedência, fique ligado. O site educations.com está oferecendo a Study a Master’s in Europe Scholarship, uma bolsa de mestrado na Europa no valor de €5.000 (cerca de R$ 22.000) para cursos que se iniciam no segundo semestre de 2020. As inscrições vão até 13 de abril de 2020.

O valor pode ser usado pelo bolsista para cobrir os custos de tuition de qualquer curso de mestrado de sua escolha na Europa. Como o valor é pago diretamente à universidade, ele não pode ser usado para outros fins. No entanto, a bolsa não tem cláusula de exclusividade: ou seja, você pode se candidatar a outra bolsa de mestrado na Europa para ajudar a custear seus estudos, se quiser.

Comissão Fulbright oferece bolsas para jovens pesquisadores nos EUA

A Comissão Fulbright divulgou recentemente mais uma oportunidade de bolsas de estudo para brasileiros nos Estados Unidos. Dessa vez, são 10 bolsas para jovens pesquisadores de qualquer área de conhecimento. Com a bolsa, eles poderão realizar pesquisas, ministrar palestras e/ou apresentar cursos e seminários para pós-graduação em instituições dos EUA. As inscrições vão até 28 de julho!

As bolsas terão duração de três a quatro meses: de setembro a dezembro de 2020, ou de janeiro a maio de 2021. Os bolsistas que quiserem ficar quatro meses também poderão dividir o período em duas visitas de dois meses, com o primeiro começando em agosto ou setembro de 2020 e o segundo em janeiro ou fevereiro de 2021.

Programa de bolsas mais antigo do mundo seleciona estudantes para pós-graduação em Oxford

O programa de bolsas de estudo Rhodes está entre os mais prestigiados do mundo. Criada em 1902, a iniciativa serviu de base para outras bolsas – como a Fulbright e as bolsas Gates de Cambridge – e surgiu ainda no período do Império Britânico.

Entretanto, desde 2018 as bolsas Rhodes abrem inscrições para candidatos do mundo todo. Ao todo, serão 100 pessoas selecionadas e duas vagas específicas para quem vem de regiões não contempladas anteriormente – como é o caso do Brasil. Para se inscrever, é necessário submeter a candidatura até a data limite de 31 de julho.

Fulbright oferece bolsas para brasileiros darem aula de português nos EUA

A Comissão Fulbright Brasil está com inscrições abertas para o programa Foreign Language Teaching Assistant (FLTA), que dá bolsas de estudo para professores brasileiros ensinarem português nos Estados Unidos. As inscrições vão até o dia 28 de julho e devem ser feitas pelo site da Fulbright Brasil.

Serão concedidas até 20 bolsas de estudo com duração de nove meses, com início em agosto e setembro de 2020. Os selecionados irão dar aulas em universidades norte-americanas e receberão auxílio moradia e alimentação, seguro-saúde e passagens áreas. Além disso, terão a oportunidade de realizar cursos sobre cultura e história dos EUA.

Bolsas integrais para MBA na Alemanha, do DAAD

Estão abertas até 1 de outubro as bolsas de estudo para MBA na Alemanha, como parte do programa EPOS, criado pelo Serviço Alemão de Intercâmbio Acadêmico (DAAD, na sigla em alemão). O EPOS foca cursos de pós-graduação no país que se relacionem ao desenvolvimento sustentável e, nesse caso, a formação oferecida pela Universidade de Leipzig dedica-se às pequenas e médias empresas.

A formação recebe o nome de SEPT, sigla que significa “Small Enterprise Promotion and Training”(ou, em tradução livre, “promoção e treinamento para pequenas empresas”). O programa foca em pequenas empresas, analisando casos de sucesso na Alemanha e as medidas que lhes renderam esse sucesso.

Governo canadense oferece 70 bolsas para pesquisa

O governo canadense está com inscrições abertas para o programa Banting Postdoctoral Fellowships. O programa contemplará 70 pesquisadores com uma bolsa de 70 mil dólares canadenses por ano (aproximadamente R$ 209.000), por até dois anos. As inscrições para as bolsas de pesquisa no Canadá vão até 18 de setembro!

O programa é voltado tanto para pesquisadores canadenses quanto estrangeiros. No caso dos pesquisadores estrangeiros (que é o que nos interessa), é necessário que a pesquisa seja realizada em uma instituição canadense. A escolha da instituição fica a cargo do candidato, e a bolsa contemplará pesquisadores nas áreas de humanas, exatas, biológicas e saúde.

68 Bolsas integrais para PhD em uma das escolas mais tradicionais da Itália

A Scuola Normale Superiore (SNS) está com inscrições abertas para bolsas integrais de PhD na Itália, tanto para estudantes italianos como para alunos internacionais. O processo seletivo é relativamente simples, e as inscrições serão recebidas até o dia 29 de agosto!

São oferecidas, no total, 68 bolsas de estudos nas seguintes áreas: Estudos Clássicos, Ciência de Dados, Ciências Políticas e Sociologia, Filosofia, Governança Transnacional, Filosofia, Física, Matemática, Matemática Financeira, Métodos e Modelos para Ciências Moleculares, Nanociência, Neurociência, Ciências Políticas e Sociologia.

Fulbright oferece 30 bolsas para doutorado sanduíche nos Estados Unidos

A Comissão Fulbright no Brasil abriu inscrições para seu programa de bolsas de estudo para doutorado sanduíche nos EUA. Todos os anos, 30 pesquisadores são selecionados pela organização para estudar nos Estados Unidos por nove meses. Para concorrer à edição deste ano, é necessário submeter a candidatura até 28 de julho.

A ideia é que estudantes de doutorado matriculados no Brasil embarquem para universidades dos EUA. Por lá, realizam parte de um programa de PhD na instituição, sem nenhum custo, e retornam ao Brasil para concluir sua pesquisa. Entretanto, para ser elegível ao doutorado sanduíche, o candidato deve estar em solo brasileiro durante o processo de seleção e não pode acumular mais de uma bolsa.

Os bolsistas receberão um valor mensal de US$ 1.375 a US$ 2.660 (R$ 5.470 a R$ 10.581 na cotação atual) para se manter no país. Receberão também um calor de US$ 2.000 (R$ 8.000) ao chegar lá, para auxiliar na acomodação, e até mais US$ 2.000 em auxílio financeiro para participar de eventos acadêmicos nos EUA (mediante aprovação prévia). A bolsa ainda oferece orientação e custeio para o processo de emissão de visto, passagem aérea internacional e seguro de saúde.

EXTRA

Harvard seleciona jovens para participar de programa de mentoria com tudo pago

A Universidade Harvard, nos Estados Unidos, está com inscrições abertas para o concurso Village to Raise a Child (Vila Por Trás do Jovem, em português). O concurso busca identificar cinco jovens empreendedores que estejam fazendo a diferença na comunidade em que vivem, e oferece a eles um programa de mentoria em Harvard com uma semana de duração. As inscrições vão até 17 de junho!

Estudantes do mundo todo podem concorrer ao curso, que leva os estudantes para passar uma semana em Harvard com tudo pago. Ao longo dessa semana, que acontecerá em outubro, os jovens poderão desenvolver seus projetos e suas habilidades de liderança. Também terão contato com empreendedores sociais da região de Boston e participarão de workshops sobre os diferentes aspectos de liderar um empreendimento social. Finalmente, terão aulas sobre para aprender mais sobre a vida em Harvard e universidades dos EUA.

Bolsas de 15 mil dólares para jornalismo econômico em Nova York

A Escola de Jornalismo da City University of New York (CUNY) recebe até 28 de junho as inscrições para a McGraw Fellowship. As bolsas de estudo para jornalistas apoiam profissionais de mídia que tenham no mínimo cinco anos de experiência para que desenvolvam matérias aprofundadas em jornalismo econômico.

Criada em 2014, a McGraw Fellowship aceita candidaturas duas vezes ao ano — em junho e em dezembro. Ela contempla reportagens sobre economia global e negócios, feitas em formato de texto, vídeo e áudio.

  • Este artigo foi originalmente publicado pelo Estudar Fora, portal da Fundação Estudar

Comente isso

Seu e-mail não aparecerá no comentário.

Você vai gostar