Amor e Sexo

Como aumentar a libido sexual? Urologista dá 5 dicas simples

 

Mudar hábitos e incluir alguns itens na alimentação podem ser a solução

O sexo é algo importante para um relacionamento, mesmo que ele seja casual, e interfere na qualidade de vida de grande parte das pessoas. O problema é que o assunto ainda é tratado com certo pudor e isso torna difícil para muitos homens admitir quando tem algum problema na cama. Caso esteja com falta de desejo sexual, saiba que existem algumas dicas para aumentar a libido.

As principais causas de falta de libido sexual estão ligadas a distúrbios emocionais e hormonais. Nos homens, esse problema está geralmente relacionado ao aumento da prolactina, o hormônio responsável pela sensação de bem-estar após o sexo, e a deficiência do fluxo sanguíneo na região do pênis, que atrapalha a ereção. Esses fatores tornam difícil aumentar a libido , mas podem ser revertidos.

O urologista e fundador da Lifemen, rede de clínicas que reúne serviços especializados na área de saúde sexual masculina, Emilio Sebe Filho, recomenda procurar um especialista para fazer exames e conseguir identificar os níveis de prolactina e do fluxo de sangue no organismo. “Tais desequilíbrios podem ser causados inclusive por doenças como diabetes, anemia e hipotireoidismo”, ressalta o profissional.

Existem algumas dicas para elevar a libido sexual masculina e o especialista lista as principais. Confira!

1. Ser saudável, ativo e ter alimentação balanceada

Uma forma de ter um desejo sexual constante é fazer com que o organismo funcione corretamente. Isso significa que você precisa, por exemplo, estar com os exames em dia, praticar atividades físicas regularmente e ter uma alimentação saudável.

“Quando esses aspectos estão desregulados, é normal que o homem comece a manifestar, involuntariamente, problemas na qualidade da vida sexual”, explica Emilio.

2.Consumir alimentos afrodisíacos

O que você come também pode ajudar, e a indicação do especialista é apostar em alimentos afrodisíacos, pois eles são capazes de melhorar a circulação sanguínea no pênis e ainda estimular os hormônios. A parte boa é que esses alimentos não são muito difíceis de serem encontrados.

Alguns bons exemplos são: amendoim; leguminosa rica em vitamina E, vitamina do complexo B e arginina; e a maca peruana, um vegetal com grande valor nutritivo que é responsável por uma elevação do trabalho do metabolismo corporal.

3. Sair da rotina e ser mais criativo

A queda do desejo sexual também pode estar ligada à rotina de um relacionamento. Nesse caso, o conselho é mudar os hábitos diários e sexuais. Aposte em algo novo e não tenha vergonha de conversar sobre desejos e novas fantasias com a parceira.

4. Controlar o consumo de álcool

O consumo excessivo de álcool é outro fator que pode atrapalhar o homem, pois pode causar a queda e a até mesmo a falta da libido sexual. O especialista explica que a bebida costuma aumentar a confusão mental, além de gerar desânimo e deixar a pessoa com sono, sendo que tudo isso diminui o desejo do homem e é refletido no sexo.

5. Buscar auxílio médico para aumentar a libido

Como os problemas com a libido podem estar ligados a fatores biológicos e metabólicos, consultar um médico para receber uma orientação precisa é aconselhado. “Se você não aumentar a libido seguindo os hábitos indicados acima, é recomendável que se procure um especialista no assunto para que ele possa investigar a questão e recomendar o tratamento indicado para o seu caso”, conclui o urologista.

Fonte Delas

 

 

Comente isso

Seu e-mail não aparecerá no comentário.

Você vai gostar