Carreira & Finanças

Como montar uma festa surpresa para alguém com pouco dinheiro

O grande “pulo do gato” é usar a criatividade e pedir ajuda aos amigos

Festas surpresa são um jeito carinhoso de presentear e comemorar a vida de quem você gosta. Mas em tempos de crise, o jeito é usar a criatividade para produzir um evento lindo sem deixar o bolso feio. Veja algumas dicas de como fazer isso!

Foto: shironosov/istock

PLANEJAR A FESTA EM UM LOCAL JÁ PRONTO POUPA MUITO TRABALHO, MAS PODE FICAR UM POUCO IMPESSOAL. FOTO: SHIRONOSOV/ISTOCK

PLANEJE A FESTA EM UM BAR, RESTAURANTE OU BALADA

Você não vai precisar organizar a comida e a bebida, o som já vai estar rolando e o lugar decoradíssimo. Muito trabalho poupado! “A melhor opção é marcar a festa para algum bar ou balada, no qual possam ser feitas comandas individuais. Assim, não se gasta com os convidados e cada um paga o seu consumo. Além disso, em diversos estabelecimentos são oferecidos bolos e bebidas gratuitas ao aniversariante, o que é outra vantagem”, explica o PLANEJADOR FINANCEIRO PESSOAL VALTER POLICE, da Police Consultoria e Treinamento em Finanças Pessoais.

CASO QUEIRA FAZER EM CASA

Dá um pouquinho mais de trabalho, porém, também é possível economizar bem. “Utilize materiais descartáveis como pratinhos, copinhos e garfinhos. Na decoração, aposte nos balões, que podem ter um preço em conta e são a cara de um bom aniversário”, diz Valter.

PREPARE OS COMES E BEBES, NÃO COMPRE PRONTO

Fazer em casa sempre vai sair mais barato que encomendar. “Outra alternativa é combinar com os convidados para que cada um traga um prato já definido (a chamada ‘festa americana’), cabendo apenas o bolo e as bebidas ao organizador”, sugere o profissional.

Foto: jacoblund/istock

JUNTE OS AMIGOS E ORGANIZE TODOS OS DETALHES DA FESTA SURPRESA. FOTO: JACOBLUND/ISTOCK

MOBILIZE A GALERA

Faça uma lista de convidados e combine com eles a divisão das despesas, comes e bebes. A dica de Police é: “pense no que será preciso, faça o cálculo do preço total e divida por todos. Descubra quem tem habilidade para fazer os docinhos ou bolo, quem tem mão boa para decoração, quem tem o tempo disponível para comprar os materiais de tudo e por aí vai. E, por favor, veja quem tem carro para poder dar aquela carona esperta e chegar todo mundo junto”.

FAÇA UMA CAIXINHA

Se você quiser fazer algo mais elaborado e tiver um prazo maior, uma vaquinha pode ser uma saída. Estipule um valor total e o divida com os amigos de quanto cada um vai colaborar por mês até a festa, assim não pesa no bolso de ninguém.

Como você pode perceber, são táticas muito simples, mas que funcionam bastante na prática, é só se organizar. Por fim, o consultor faz questão de lembrar que “o importante em uma comemoração não é quanto se gasta, nem os eventuais luxos em comidas, bebidas e decoração, MAS SIM A COMPANHIA DE FAMILIARES E AMIGOS QUERIDOS, QUE ESTÃO CONOSCO EM TODAS AS HORAS”.

Comente isso

Seu e-mail não aparecerá no comentário.

Você vai gostar