Beleza

Cores e aplicações: descubra 100 anos de blush em menos de três minutos

Vídeo mostra as transformações no uso do produto desde os anos 1920

O blush é um velho aliado das mulheres para conseguir uma aparência corada e saudável para a pele, mas se engana quem pensa que ele sempre foi aplicado da mesma forma: esse básico do necessaire passou por uma série de transformações ao longo das décadas. O “THE SCENE” te mostra o que era tendência com o produto nos últimos 100 anos em um vídeo com menos de três minutos.

 

Reprodução

REPRODUÇÃO

Em 1920, o blush (ainda conhecido como rouge) vermelho claro ou rosa era aplicado em círculos grandes no centro das maçãs e o efeito era bem marcado.

Reprodução

REPRODUÇÃO

Na década seguinte, 1930, o produto passou a ser aplicado em fORMATO DE TRIÂNGULO NAS LATERAIS das bochechas.

Reprodução

REPRODUÇÃO

BLUSH EM CREME SURGIU EM 1940, e virou uma verdadeira febre. Ele era aplicado em três bolinhas no alto das maçãs e espalhado com os dedos.

Reprodução

REPRODUÇÃO

O rosa clarinho e o coral eram as cores mais populares nos anos 1950 para um visual delicado e sutil.

Reprodução

REPRODUÇÃO

O blush passou a ser utilizado em mais locais em 1960: ele ia nas MAÇÃS, NA LINHA DO CABELO, ACIMA DAS SOBRANCELHAS E NO PESCOÇO.

Reprodução

REPRODUÇÃO

Na década de 1970, uma grande variedade de cores surgiu no mercado de maquiagem. Os amarronzados eram os queridinhos das mulheres.

Reprodução

REPRODUÇÃO

Ousadia era palavra de ordem em 1980, aplicado em uma faixa abaixo das têmporas e em cores fortes.

Reprodução

REPRODUÇÃO

1990 trouxe um visual mais natural e delicado, além da criação da TÉCNICA DO CONTORNO.

Reprodução

REPRODUÇÃO

Nos anos 2000, a moda é utilizar blush com glitter ou com textura mais brilhante, parecida com a do iluminador.

Comente isso

Seu e-mail não aparecerá no comentário.

Você vai gostar