Arte & Cultura

Escolas do DF recebem R$ 1 milhão para compras na Feira do Livro

Verba estava prevista no orçamento; valor médio por escola é R$ 1.434. Feira começa nesta quinta (6).

A Secretaria de Educação do Distrito Federal anunciou, por meio de portaria publicada no Diário Oficial desta terça-feira (4), que vai disponibilizar R$ 1 milhão para que escolas da rede pública de ensino comprem novos livros. Cada unidade de ensino poderá gastar, em média, R$ 1.434.

O objetivo principal, segundo o governo, é incentivar a participação dos estudantes na 35ª Edição da Feira do Livro de Brasília – onde o acervo será adquirido. O evento começa nesta quinta-feira (6) e segue até 16 de junho com entrada gratuita no Complexo Cultural da República.

Estande de livros na 33ª Feira do Livro de Brasília — Foto: Divulgação/Agência Brasília

Estande de livros na 33ª Feira do Livro de Brasília — Foto: Divulgação/Agência Brasília

O valor estava previsto na Lei Orçamentária Anual e faz parte das despesas de custeio do Programa de Descentralização Administrativa e Financeira (PDAF).

O montante será repartido entre as 14 Coordenações Regionais de Ensino, responsáveis por distribuir a verba entre 583 escolas, 7 bibliotecas comunitárias e 114 núcleos de ensino das Unidades de Internação Socioeducativas e do Sistema Prisional.

Verba destinada por Coordenação Regional de Ensino

Brazlândia R$ 44.130
Ceilândia R$ 145.300
Gama R$ 70.390
Guará R$ 41.850
Núcleo Bandeirante R$ 48.890
Paranoá R$ 52.300
Planaltina R$ 95.860
Plano Piloto R$ 145.480
Recanto das Emas R$ 45.610
Samambaia R$ 64.880
Santa Maria R$ 45.570
São Sebastião R$ 40.690
Sobradinho R$ 67.190
Taguatinga R$ 91.860

De acordo com a Secretaria de Educação, a escolha dos livros deve seguir um guia elaborado pela pasta com base nos lançamentos e acervo disponível na Feira do Livro.

Comente isso

Seu e-mail não aparecerá no comentário.

Você vai gostar