Arte & Cultura

Fábricas de Cultura: com pouca verba, programa pode fechar 20 mil vagas

Além vagas, precisam ser fechados, por exemplo, os estúdios de gravação onde artistas da periferia gravam seus discos gratuitamente

São Paulo — As Fábricas de Cultura, centros culturais localizados na periferia de São Paulo, já estimam em 20 mil o número de vagas a serem fechadas com a redução orçamentária proposta pelo governo do Estado.

O contingenciamento de 23% da verba proposta para a Secretaria de Cultura e Economia Criativa deve ser repassado para as organizações sociais responsáveis pela gestão de alguns dos principais projetos de cultura estaduais.

Na sexta, a previsão de fechamento de 170 dos 340 polos do Projeto Guri, dedicado à inserção social por meio do ensino da música, no interior e no litoral levou a uma mobilização no meio musical, com a criação da hashtag ficaguri e de um abaixo assinado que até ontem já tinha mais de 150 mil assinaturas.

Por conta da repercussão, o governador João Doria se reúne na manhã desta segunda com o secretário de Economia Henrique Meirelles e o vice-governador Rodrigo Garcia, que já vem negociando com as OSs, para discutir alternativas, que devem ser anunciadas na tarde em coletiva de imprensa sobre orçamento 2019.

Comente isso

Seu e-mail não aparecerá no comentário.

Você vai gostar