Carreira & Finanças

Itaú quase desbanca o Google no imaginário dos estudantes de administração

Confira quais são as empresas preferidas pelos estudantes de administração, segundo pesquisa exclusiva da Universum

São Paulo –  O reinado do Google como empregador dos sonhos no imaginário dos estudantes de administração está sob ameaça. A nova edição do ranking da Universum de empregadores mais desejados pelos universitários mostra que o Itaú Unibanco está a menos de 1 ponto percentual de desvantagem em relação ao Google na preferência dos jovens estudantes de negócios.

A pesquisa, realizada com 6.078 respondentes em 123 universidades, indica que o interesse na indústria bancária é crescente, o que pode num futuro próximo desbancar o Google, campeão invicto desde o primeiro ranking, divulgado em 2010.

Nessa edição, o Google teve 26,4% dos votos, enquanto o Itaú ficou com 25,62%. Na última edição, a diferença entre primeiro e segundo colocados foi maior: o Google teve 26,9% dos votos contra 19,11% do Itaú. “Nunca tivemos uma empresa tão próxima do Google como o Itaú Unibanco esse ano”, André Siqueira, diretor da Universum.

Com uma lista de benefícios como geladeira aberta, sala de jogos e área de lazer no trabalho, o Google também se destaca por investir atrair mais na diversidade para seus escritórios. Neste ano, uma das iniciativas de destaque na área de recrutamento do Google no Brasil foi o lançamento do programa de estágio Next Step com foco na atração de estudantes negros.

Pela primeira vez, a empresa decidiu retirar o domínio de inglês da lista de requisitos para estágio na companhia e prometeu oferecer cursos do idioma aos aprovados.

Já o Itaú Unibanco atrai universitários não só para programas de estágios como também para seu programa de trainee, um dos mais concorridos do mercado. O banco é o atual vencedor do prêmio Melhor Empresa para Começar a Carreira, da revista Você S/A, que leva em consideração a felicidade dos funcionários jovens (de até 26 anos).

A adesão ao home office em algumas áreas e flexibilização das regras de vestimenta para todo o banco são exemplos mais recentes de iniciativas do Itaú que fizeram sucesso entre os mais jovens.

“Muito interessante ver a jornada expressiva de crescimento do Itaú mas também dos outros grandes bancos nos rankings ao longo desses últimos anos”, diz Siqueira. Entre os 10 empregadores dos sonhos, cinco são bancos e o setor é o mais citado pelos jovens como indústria preferida para trabalhar, seguido por serviços financeiros, auditoria e contabilidade.

“Os bancos têm muitas coisas a favor: claro que além de serem extremamente associados com Altos Ganhos Futuros, há outros atributos que são muito importantes também e que eles são associados. Estabilidade é muito associado a eles também, que é a segunda meta de carreira mais importante também. Além disso, os bancos em sua grande maioria possuem associações altas com Sucesso de Mercado, Treinamento e Desenvolvimento, e plano de carreira, que são também atributos muito valorizados”, explica do diretor da Universum.

Confira as empresas preferidas pelos estudantes de administração:

Empregador % de estudantes que escolheram a empresa em 2019 Ranking 2019 Ranking 2018 Diferença de posição nos rankings 19-18
Google 26,40% 1 1 0
Itaú- Unibanco 25,62% 2 2 0
Banco Bradesco 17,27% 3 7 4
Banco do Brasil 17,03% 4 5 1
Santander 15,29% 5 8 3
Governo Federal 15,26% 6 3 -3
Apple 14,06% 7 6 -1
Netflix 13,61% 8 4 -4
Nubank 12,44% 9 10 1
Ambev 10,91% 10 9 -1
The Coca-Cola Company 9,94% 11 12 1
Banco Safra 9,47% 12 13 1
Petrobras 8,55% 13 16 3
Microsoft 7,97% 14 11 -3
Nestlé 7,97% 15 15 0
Rede Globo 7,61% 16 17 1
Amazon 7,45% 17 não apareceu
Facebook 6,68% 18 14 -4
LATAM Airlines 6,54% 19 18 -1
Natura 5,53% 20 19 -1
Adidas 5,13% 21 25 4
Samsung 5,05% 22 22 0
Heineken 4,95% 23 21 -2
Nike 4,87% 24 20 -4
Unilever 4,75% 25 24 -1
Johnson&Johnson 4,42% 26 39 13
Toyota 4,35% 27 31 4
GOL 4,28% 28 23 -5
KPMG 4,16% 29 27 -2
Grupo XP 4,13% 30 não apareceu
L’Oréal Group 4,12% 31 35 4
Bank of America 4,05% 32 26 -6
3M 3,76% 33 33 0
J.P. Morgan 3,76% 34 29 -5
MRV Engenharia 3,75% 35 não apareceu
EY (Ernst &Young) 3,70% 36 30 -6
Grupo Boticário 3,66% 37 54 17
Deloitte 3,64% 38 37 -1
Vale 3,56% 39 36 -3
Volkswagen 3,34% 40 38 -2
PwC (PricewaterhouseCoopers) 3,26% 41 40 -1
Red Bull 3,26% 42 42 0
Embraer 3,21% 43 28 -15
BTG Pactual 3,11% 44 60 16
B3 3,03% 45 não apareceu
IBM 3,02% 46 32 -14
Votorantim 2,98% 47 50 3
BMW Group 2,88% 48 34 -14
Volvo Group 2,82% 49 53 4
Odebrecht 2,68% 50 84 34

 

Comente isso

Seu e-mail não aparecerá no comentário.

Você vai gostar