Arte & Cultura

Mãe e filhos criam versões fofas de cenas de filmes indicados ao Oscar

Os cinéfilos já estão fazendo suas apostas, bolões e previsões: nesse domingo o Oscar, a premiação mais famosa do cinema, distribui suas famosas estatuetas douradas para os melhores do ano na Sétima Arte.

Uma família norte-americana, no entanto, decidiu transformar a lista de indicados à principal categoria da noite – o melhor filme do ano – em brincadeira. Maggie Storino produz seus filhos Sophia, de cinco anos; Sadie, de três; e Sloan, de oito meses; para que recriem cenas desses longas.

O projeto, que nasceu em 2012, tem nome (“Don’t Call Me Oscar”, não me chame de Oscar, em tradução livre para o português) e endereço (clique aqui para acessar o tumblr), e se transformou em uma grande festa para os pequenos. “Quando deixar de ser divertido, vamos parar. Mas as meninas adoram se fantasiar, não é um problema. E não é tão diferente do que fazemos no dia a dia, só que os personagens são mais variados”, contou Maggie em entrevista à revista “Vanity Fair”.

Para garantir esse ar descontraído e que as imagens realmente remetam aos filmes, a mamãe cinéfila conta que há certas regras a seguir. “Não começamos a fotografar antes do anúncio dos indicados, não refazemos fotos, e acabamos tudo antes do almoço. Cada produção consome uma semana. É quase como uma caça ao tesouro gigante, em que saímos pela vizinhança em busca de cenários e adereços”.

Comente isso

Seu e-mail não aparecerá no comentário.

Você vai gostar