Arte & Cultura

Mamulengo Sem Fronteiras apresenta espetáculo em Taguatinga

O romance do pavão misterioso’ será encenado nesta quarta-feira (25/9) e comemora o centenário da trama de José Camelo de Melo

O Mamulengo Sem Fronteiras volta a encantar os brasilienses nesta quarta-feira (25/9), no Teatro Yara Amaral, do Sesi Taguatinga. Tradicional na cidade, o grupo apresenta a peça O romance do pavão misterioso. No enredo, o jovem Evangelista se apaixona pela donzela Creuza, prisioneira do conde, pai dele. Por isso, sente o ímpeto de resgatar e de fugir com a moça. Para tanto, não realiza a façanha sozinho: recebe auxílio do pavão, criado por um cientista.

O animal vem para agregar símbolos à narrativa: signo solar, do fogo, da beleza e da transmutação. A peça é uma releitura da obra em formato original de cordel, unindo-a ao teatro de bonecos e de mamulengos. “Para a gente, essa montagem foi um parto, não só por durar exatamente nove meses, mas também por ser um filho gerado com muito amor, pesquisa e determinação”, ressalta o coordenador do grupo, Walter Cedro, em entrevista ao Correio.

O espetáculo vem para comemorar o centenário da trama de José Camelo de Melo, um clássico da literatura de cordel, tão popularizada e conhecida no país. “O mamulengo é um tipo de teatro de bonecos populares no Nordeste que se diferencia por vários motivos: música ao vivo, participação do público, bonecos de madeira e personagens fixos que não têm textos para seguir”, explica o ator e diretor, que destaca o improviso das cenas.

Em 2015, essa arte foi reconhecida como Patrimônio Cultural do Brasil pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). Sobre a peça, a direção é de Chico Simões (do Mamulengo Presepada, de Taguatinga). Além de Walter, o elenco conta com a atriz Mirella Dias. O grupo brasiliense também tem Rosimar Cedro, Wagner Nascimento e Keijin do Acordeon na formação.
A apresentação é aberta ao público. Desde janeiro, passa por colégios em regiões como Riacho Fundo II, Brazlândia, Plano Piloto e Estrutural. “É uma grande alegria levar para esses locais um clássico que a maioria das pessoas não conhece, além de devolver um pouco da nossa arte para as escolas públicas, onde estudamos”, conta Walter. “Agora, nosso pavão será apresentado para o mundo”, orgulha-se.
Serviço
O romance do pavão misterioso — Mamulengo Sem Fronteiras
No Teatro Yara Amaral — Sesi Taguatinga (QNF 24, Área especial, Taguatinga). Nesta quarta-feira (25/9), às 20h. Entrada franca. Classificação indicativa livre.

Comente isso

Seu e-mail não aparecerá no comentário.

Você vai gostar