Arte & Cultura

Mostra de cinema exibe 12 filmes de Robert De Niro em Brasília

Exposição no CCBB mostra diferentes estilos cinematográficos e de atuação. Entrada é gratuita.

Filmes de sucesso estrelados pelo norte-americanoRobert De Niro serão exibidos, a partir desta terça-feira (25), no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB). A entrada é gratuita para todas as sessões.

A mostra de cinema “De Niro” vai rodar 12 longas-metragens e incluirá, ainda, um debate sobre a “fortuna artística” e a estética dos trabalhos dele como diretor.

Segundo o curador, Paulo Santos Lima, a escolha dos filmes se baseou no amplo espectro de atuação do astro. A ideia é exibir os diferentes estilos cinematográficos pelos quais De Niro transitou ao longo da carreira.

Com Robert De Niro, filme Touro Indomável será exibido em Presidente Prudente — Foto: Divulgação

Com Robert De Niro, filme Touro Indomável será exibido em Presidente Prudente — Foto: Divulgação

“A premissa era escolher obras de forte valor artístico, como ‘O franco atirador’, ‘Era uma vez na América’ e ‘Jackie Brown’, mas sem deixar de lado exemplos que mostrassem um De Niro em excelência criativa em projetos esteticamente menos memoráveis.”

“Outra ideia foi a de localizar historicamente o artista, como na experiência da contracultura, em ‘Olá, Mamãe’.”

O debate será realizado no dia 29 de junho, com a participação da atriz e preparadora de elenco Raissa Gregori, além do curador.

Carreira

Nascido em Nova Iorque em 1943, De Niro se tornou um dos expoentes máximos da chamada Nova Hollywood – movimento que renovou a produção técnica e estética da indústria cinematográfica na década de 1970.

Once Upon a Time in America — Foto: Divulgação/CCBB

Once Upon a Time in America — Foto: Divulgação/CCBB

Formado nas renomadas escolas de atuação de Stella Adler e no Actors Studio de Lee Strasberg, De Niro desempenhou papéis que exigiram dele performances opostas – às vezes mais físicas e de alta intensidade e, outras vezes, mais introspectivas.

“Assim como Greta Garbo foi o símbolo dos anos 1930, Marlon Brando e James Dean, o da rebeldia dos anos 1950, Robert De Niro é a grande marca da renovação pela qual o cinema americano passou a partir da segunda metade anos 1960”, afirma o curador da mostra, Paulo Santos Lima.

Jodie Foster, Robert De Niro e Martin Scorsese, durante as filmagens de 'Taxi driver' em NY — Foto: AFP

Jodie Foster, Robert De Niro e Martin Scorsese, durante as filmagens de ‘Taxi driver’ em NY — Foto: AFP

Ele explica que os diretores e atores com os quais De Niro trabalhou contribuíram de forma significativa para que ele se tornasse um artista único.

Entre os diretores estiveram Martin Scorsese, Bernardo Bertolucci, Brian De Palma, Sergio Leone e Quentin Tarantino. Em cena, De Niro contracenou com Meryl Streep, Jane Fonda, Al Pacino e Samuel L. Jackson.

“Por decorrência, isso faz de Robert De Niro uma fatura estética nas mais importantes experiências cinematográficas dos últimos 50 anos.”

Programe-se

Mostra de cinema ‘De Niro’

  • Data: 25 de junho a 7 de julho
  • Hora: varia conforme a programação (veja abaixo)
  • Local: Centro Cultural Banco do Brasil – SCES Trecho 2
  • Ingressos: R$ 5 a meia-entrada

25 de junho (terça)

  • 14h30: Era Uma Vez na América (1984), de Sergio Leone, 229’, digital – 18 anos
  • 19h: Olá, Mamãe! (1970), de Brian De Palma, 87’, digital – 14 anos

26 de junho (quarta)

  • 15h: Desafio no Bronx (1993), de Robert De Niro, 121’, digital – 16 anos *
  • 17h30: O Franco Atirador (1978), de Michael Cimino, 183’, 35mm – 18 anos
  • Sessão com acessibilidade (legendagem descritiva e audiodescrição)

27 de junho (quinta)

  • 15h30: Fuga à Meia-Noite (1988), de Martin Brest, 126’, digital – 16 anos
  • 18h: Fogo contra Fogo (1995), de Michael Mann, 170’, digital – 14 anos

28 de junho (sexta)

  • 14h30: O Bom Pastor (2006), de Robert De Niro, 167’, digital – 14 anos
  • 18h: Jackie Brown (1997), de Quentin Tarantino, 154’, 35mm – 14 anos

29 de junho (sábado)

  • 13h30: Fuga à Meia-Noite (1988), de Martin Brest, 126’, digital – 16 anos
  • 16h30: Touro Indomável (1980), de Martin Scorsese, 129’, 35mm – 16 anos
  • 19h: Debate com o curador Paulo Lima Santos e a atriz e preparadora de elenco Raissa Gregori

30 de junho (domingo)

  • 14h: Jackie Brown (1997), de Quentin Tarantino, 154’, 35mm – 14 anos
  • 17h30: O Franco Atirador (1978), de Michael Cimino, 183’, 35mm – 18 anos

2 de julho (terça)

  • 15h: Touro Indomável (1980), de Martin Scorsese, 129’, 35mm – 16 anos
  • 17h30: O Bom Pastor (2006), de Robert de Niro, 167’, digital – 14 anos

3 de julho (quarta)

  • 15h: A Família Flynn (2012), de Paul Weitz, 102’, digital – 16 anos
  • 17h: O Poderoso Chefão 2 (1974), de Francis Ford Coppola, 202’, digital – 14 anos

4 de julho (quinta)

  • 13h: Olá, Mamãe! (1970), de Brian De Palma, 87’, digital – 14 anos
  • 15h: 1900 (1976), de Bernardo Bertolucci, 317’, digital – 18 anos

5 de julho (sexta)

  • 13h: O Poderoso Chefão 2 (1974), de Francis Ford Coppola, 202’, digital – 14 anos
  • 16h45: Desafio no Bronx (1993), de Robert De Niro, 121’, digital – 16 anos
  • 19h15: A Família Flynn (2012), de Paul Weitz, 102’, digital – 16 anos

6 de julho (sábado)

  • 13h45: Fogo contra Fogo (1995), de Michael Mann, 170’, digital – 14 anos
  • 17h: Era Uma Vez na América (1984), de Sergio Leone, 229’, digital – 18 anos

7 de julho (domingo)

  • 13h30: 1900 (1976), de Bernardo Bertolucci, 317’, digital – 18 anos

Comente isso

Seu e-mail não aparecerá no comentário.

Você vai gostar