Arte & Cultura

Perder peso dormindo pode ser nova arma contra obesidade, diz estudo

Queimar calorias dormindo pode até soar como um sonho para muita gente, mas isso pode se tornar realidade e ainda ajudar quem sofre com a obesidade. Uma pesquisa realizada pela UNIVERSITY OF IOWA, nos Estados Unidos, descobriu que existe uma bactéria que pode realizar o processo no intestino durante a noite.

A equipe do pesquisador JOHN KIRBY focou o seu trabalho nos efeitos colaterais de uma droga usada para o tratamentos de doenças psicóticas, a RISPERIDONA. Acusada de aumentar significativamente o peso dos pacientes, os especialistas buscaram explicar por que isso acontece.

Para entender melhor o processo, a substância foi usada em ratos. Então, foi descoberto que a risperidona altera a composição bacteriana do intestino (microbioma). Esta mudança causa uma REDUÇÃO NA TAXA METABÓLICA quando alguém está de repouso, ou seja, dormindo.

A energia ganha, o gasto de oxigênio, a produção de calor e gás carbônico dos ratos foram medidas precisamente. Metade dos animais não estava recebendo doses de risperidona.

Com o resultado, a pesquisa sugere que a manipulação da taxa metabólica de repouso (especificamente visando o microbioma intestinal) possa ser uma nova abordagem para o tratamento da obesidade.

Comente isso

Seu e-mail não aparecerá no comentário.

Você vai gostar