Arte & Cultura

Piloto de série derivada de ‘Game of Thrones’ já foi filmado

Executivos da HBO agora avaliarão se o projeto estrelado por Naomi Watts seguirá em frente e se uma temporada completa será encomendada

O piloto da primeira série derivada de Game of Thrones, que terá Naomi Watts como protagonista e vai se passar milhares de anos antes do seriado original, já foi gravado, anunciou nesta quarta-feira 24 o presidente de programação da HBO, Casey Bloys, durante evento da Associação de Críticos de Televisão (TCA, na sigla em inglês).

Os executivos do canal pago agora assistirão ao episódio antes de decidir se o projeto seguirá em frente e se uma temporada completa será encomendada. Bloys, no entanto, revelou estar animado. “Parece que ficou muito bom. O elenco é incrível.”

Além de Naomi Watts, o elenco conta com os atores Josh Whitehouse, Miranda Richardson, Naomi Ackie, Denise Gough, Jamie Campbell Bower, Sheila Atim, Marquis Rodriguez, John Simm, Richard McCabe, John Heffernan e Dixie Egerickx.

Segundo sinopse divulgada antes da produção do piloto, a história vai explorar como o mundo saiu de sua “era dourada dos heróis” e passou a viver um momento sombrio. “Só uma coisa é certa: dos segredos horripilantes da história de Westeros à verdadeira origem dos Caminhantes Brancos, dos mistérios do leste para os Starks da lenda… não é a história que nós achamos que conhecemos”, diz o texto.

De acordo com George R.R. Martin, autor de As Crônicas de Gelo e Fogo, série de livros que deu origem ao seriado na TV, Westeros, na época da nova produção, é um lugar bem diferente daquele mostrado em Game of Thrones. “Não há Porto Real. Não há Trono de Ferro. Não há Targaryens – Valyria mal começou a crescer com seus dragões e o grande império que construiu”, disse.

Essa produção é a primeira derivada de Game of Thrones a ter um piloto autorizado e gravado pela emissora. Em maio do ano passado, o canal confirmou que tinha vários roteiristas trabalhando em possíveis projetos do universo da série. Casey Bloys afirmou, porém, que os seriados derivados só serão exibidos pelo menos um ano depois da temporada final da série original, o que aconteceu em 2019. Qualquer projeto, portanto, só deve estrear a partir de 2020.

Comente isso

Seu e-mail não aparecerá no comentário.

Você vai gostar