Conversa de Mãe

Sou madrasta: o que fazer para ficar mais próxima do enteado e o que pode afastá-lo

Nos filmes, imaginário popular e até mesmo nos desenhos animados as madrastas costumam ser retratadas de forma negativa e como verdadeiras vilãs que maltratam os filhos do companheiro. Se você, como a maioria das madrastas, não se identifica nem um pouco com este papel e quer se aproximar das crianças, precisa conhecer algumas dicas que ajudam a conquistar a confiança e conviver harmoniosamente em família:

1. Quando for conhecer o filho do seu companheiro pela primeira vez, prefira um encontro inicial rápido, sem grandes esforços para impressionar. Tente agir naturalmente, seja você mesma, e evite, por exemplo, dar presentes caros para conquistar e dar a impressão errada.

2. Se seu parceiro acabou de se divorciar ou mesmo ficar viúvo, seja paciente e respeite o luto da criança. Evite se mudar imediatamente para a casa em que vivem e não tente obrigar que o pequeno encare você como substituta da mãe dele.

3. Na tentativa de agradar, você pode ter o impulso de tratar a criança como uma grande amiga, sendo extremamente permissiva e não assumindo responsabilidades mais sérias. A atitude, porém, vai dificultar com que o filho de seu companheiro encare você como uma pessoa da família.

4. Se o seu parceiro tem o fim de semana para passar com o filho, de tempos em tempos permita que o encontro seja só entre eles e permaneça distante. Permanecer grudada ao companheiro toda vez que a criança faz uma visita pode causar desconforto, especialmente em crianças maiores que, em alguns casos, pode querer ter uma conversa a dois.

5. Ninguém espera que você e seu enteado criem fortes laços de amor logo no começo. Portanto, evite forçar o sentimento, invista na amizade e, no futuro, com uma confiança maior, a situação afetiva normalmente se estabelecerá.

6. Procure conhecer a personalidade e os gostos da criança. Como ela não conviveu com você desde que nasceu, não há nada de errado em questionar preferências e ter longas conversas para testar afinidades.

Comente isso

Seu e-mail não aparecerá no comentário.

Você vai gostar